Pode parecer utópico, mas ainda é possível lutar por um planeta mais sustentável. Não apenas os indivíduos, mas as empresas também precisam tomar essa decisão. Portanto, é crucial que cada empresa tenha seus próprios objetivos de sustentabilidade. Isso inclui, é claro, aqueles que trabalham com tecnologia.

Existem várias ferramentas que podem ajudar a resolver os problemas e as regras do desenvolvimento empresarial sustentável. A grande tecnologia que se baseia nessas tecnologias é a IBM. A empresa oferece estratégias e direcionamentos para o suporte necessário a quem deseja avançar no caminho do desenvolvimento sustentável.

Descubra mais clicando aqui!

“A IBM reconhece que as empresas em todo o mundo estão sob pressão de reguladores, investidores e clientes por uma estratégia de negócios e indicadores mais resilientes para apoiar seu progresso em direção a esses objetivos. E você também conhece os desafios que essas mesmas empresas enfrentam para consolidar e relatar de forma eficaz e inteligente seus dados altamente fragmentados. É por isso que, em janeiro de 2022, a IBM adquiriu a Envizi, uma empresa de software líder do setor para produtividade e análise de dados ESG. Com a plataforma Envizi, é possível automatizar a coleta e consolidação de mais de 500 tipos de dados que suportam as principais estruturas de relatórios de sustentabilidade praticadas no mercado”, explica Fernanda Borges dos Santos, Gerente de Desenvolvimento de Negócios de Soluções de Sustentabilidade da Envizi. IBM.

Além disso, a IBM está desenvolvendo um roteiro de tecnologia para transformar a sustentabilidade em ação. A ideia é que seja adequado para todos os negócios, assessorando, informando e conectando a diretoria a todos os níveis de operação.

Com a tecnologia instalada, as empresas precisam prestar a devida atenção aos desafios impostos pelas mudanças climáticas. Afinal, os fenômenos climáticos não afetam apenas a vida das pessoas, mas também causam danos. Globalmente, de 2011 a 2020, esse dano foi estimado em US$ 2,5 trilhões. O valor é 50% superior ao da década anterior.

Foram interrupções de negócios, interrupções de serviços públicos, interrupções na cadeia de suprimentos, danos a ativos e perda de estoque. E, ao mesmo tempo, as empresas precisam responder às crescentes expectativas dos consumidores e cumprir as regulamentações locais.

Com tudo isso em mente, a IBM ainda tem uma visão para um futuro mais sustentável. Por isso, busca compartilhar suas soluções tecnológicas com aquelas empresas que também querem contribuir para a preservação da Terra.

“A IBM reconhece que a mudança climática é um grande desafio e oferece às organizações de todo o mundo a oportunidade de se mobilizar para reduzir as concentrações de gases de efeito estufa (GEE) na atmosfera. A primeira publicação da IBM sobre mudanças climáticas foi em 2007 e, desde então, sua posição permaneceu inalterada, apoiando iniciativas nos setores público e privado que ajudam a reduzir as emissões globais de gases de efeito estufa. Em linha com seus valores, a IBM continuará trabalhando com clientes, governos e outros parceiros para criar inovações e soluções para combater as mudanças climáticas”, explica Fernanda Borges dos Santos.

 

Facebook Comments