A Caixa Econômica Federal (CEF) concedeu empréstimos de até R$ 1.000 para pessoas físicas e de até R$ 3.000 para microempreendedores individuais (MPEI) em março deste ano. O programa foi lançado na semana passada e pela primeira vez o empréstimo será oferecido a pessoas com nome sujo ou negativo no SPC e serasa.

 

Este empréstimo da Caixa faz parte do Programa de Facilitação de Microcrédito Digital para Empreendedores, SIM Digital. Ele foi liberado na última quinta-feira (17) juntamente com outras medidas como emissão do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) até R$ 1.000 e aguardando o 13º salário do INSS.

Consulte Mais informação:

Quem pode solicitar um empréstimo da Caixa?

As pessoas que têm direito ao empréstimo de até 1.000 reais da Caixa Econômica Federal são aquelas que exercem qualquer tipo de atividade industrial ou prestam serviços, inclusive as de nome sujo. O contratante tem até 24 meses (dois anos) para pagar à taxa de juros de 1,95% ao mês.

Para MPEI e pessoas jurídicas, o empréstimo é de até 3 mil reais. A Caixa tem o mesmo prazo de reembolso, mas taxas de juro diferentes. Nesse caso, é de 1,99% ao mês.

Dinheiro, moeda brasileira real
A Caixa analisará o pedido de empréstimo no prazo de uma semana após o pedido. Foto: José Cruz/Agência Brasil

No entanto, vale ressaltar que somente aqueles que não possuíam operações de crédito ativas por meio do Sistema de Informações de Crédito disponibilizado pelo Banco Central do Brasil antes de 31 de janeiro deste ano podem solicitar um empréstimo. A ideia do Ministério do Trabalho e Emprego é levar crédito para “empreendedores individuais, estimulando a geração de emprego e renda”.

Como aplicar?

Até a próxima segunda-feira (28) os interessados ​​podem solicitar empréstimo através do declaração Há uma caixa. Os MEIs devem ser enviados para uma agência física do banco. Após solicitar um empréstimo, a CEF irá analisá-lo em até uma semana para desbloquear o valor.

Facebook Comments